LinkedIN

Brasileiro na Arabia Saudita
Salaam Aleikum,

Olá meus amigos!

Nesse post vou apresentar o começo da minha jornada para conseguir o emprego que estou atualmente, então espero que gostem e senta que lá vem história:

Lembro me de quando estava procurando emprego, eu carregava junto à mim uma pasta de plástico, daquelas que compramos em bazar por 1 real, acompanhada de algumas cópias em preto e branco do meu currículo. Nesse meu currículo havia algumas linhas, detalhando algumas informações pessoais e pouca ou quase nenhuma experiência profissional na época. O tempo foi passando e com a evolução da tecnologia o currículo impresso passou a ser currículo digital. Em meados de 2010 já era possível acessar sites de emprego e inserir suas informações profissionais diretamente pelo site, sem necessidade das folhas de papéis e a partir de 2012 uma ferramenta começou a crescer descontroladamente no Brasil. Essa ferramenta era o LinkedIn.

Mas que diabos é LinkedIn? LinkedIn é uma plataforma online fundada em 2002 com a ideia principal de ser uma rede social corporativa, onde o usuário cria um perfil composto por informações profissionais e acadêmicas, simulando assim a mesma estrutura de um currículo impresso. Um dos objetivos da plataforma é facilitar o networking, ou seja, encontrar pessoas com quem já trabalhou /trabalha e seguir empresas nas quais tem interesse em trabalhar. No começo eu não dei muita bola e criei um perfil meia boca, com informações básicas, porém vi que o crescimento da plataforma no Brasil começou a ficar assustadoramente alto e em 2014 já era a segunda maior rede social utilizada em nosso país.







Percebendo que o aumento na utilização dessa plataforma estava crescendo, comecei a dar mais atenção ao meu perfil, atualizando-o constantemente, seja incluindo um projeto novo no qual participei ou inserindo novas certificações/treinamentos profissionais no qual realizei, porém a grande sacada que tive foi deixa-lo em inglês. Vi que quase nenhum amigo meu se importava com o LinkedIn, e caso se importasse, o currículo estava em português, então pensei comigo "Vou me diferenciar deixando-o em inglês" e assim foi feito. Então, dia 31 de dezembro de 2015, acessando minha rede social e verificando as mensagens, me deparo com uma mensagem em inglês referente a um emprego no Oriente médio. 



Inicialmente, li mas não dei muita bola, pois sei que por se tratar de rede social, sempre há correntes e mensagens "falsas" e acabei ignorando-a, uma vez que falava de oriente médio e achei um absurdo trabalhar em outro pais a não ser Estados Unidos ou Europa, porém eis que recebo outra mensagem da mesma pessoa, com uma outra oportunidade e exatamente na área que eu atuava no Brasil:


Quando li 'very high/TAX free salary' meus olhos arregalaram e eu pensei comigo mesmo "Que pegadinha é essa?". Como para responder a mensagem é de graça, respondi a pessoa e enviei meu currículo. Essa pessoa ficava no Oriente Médio, acarretando assim em um delay de comunicação, devido ao fuso horário. Mensagem vai, mensagem vem, acabei descobri que receberia um alto salário se comparado ao padrão do Brasil e em dólar americano o que para mim era surreal.

Um certo dia estava almoçando e eis que recebo uma ligação de um número bizarro, porém achando que era a Tim querendo oferecer aqueles planos pague 20 ganhe 10, atendi e ouvi uma voz inglesa na qual uma mulher estava se apresentando e falando que era a pessoa das mensagens do LinkedIn. Vou te falar, meu inglês não estava no auge, pois fazia um tempo que não praticava e ainda mais ouvindo pelo celular, então a conversa ficou meio maluca, porém entendi e basicamente ela me disse que gostaria de agendar uma entrevista pelo Skype com o gerente e coordenador. Nesse momento foi uma mistura de sentimentos, felicidade e medo, e por fim acabei nem almoçando mais. Me preparei a semana inteira para a entrevista, que seria em um domingo às 10 da manhã (sim, também não entendi o porque, porém futuramente vocês saberão), e chegou o grande dia. Por ser Skype, estava da cintura pra cima com uma camisa social e gravata e da cintura pra baixo, shorts e meia.

Vestimenta Típica para entrevistas por Skype.
Inicialmente achei que iriam aparecer alguns turbantes na webcam, porém fui surpreendido por duas pessoas bem simpáticas e com trajes sociais de países ocidentais. Realizei a entrevista mas para ser sincero fiquei chateado com meu desempenho, pois naturalmente já sou ansioso e acabei ficando ainda mais nervoso, gaguejando bastante e não me expressando da melhor maneira possível. Após alguns dias, recebo uma mensagem informando que a entrevista havia sido um sucesso e que eu estava aprovado. Com isso, tive que começar todo o processo burocrático para traduzir meus documentos e realizar exames médicos, obrigatório para a entrada no país.
O tempo entre a primeira mensagem até a entrevista via Skype demorou cerca de 1 mês e meio. A segunda parte me tomou mais dois meses e meio, totalizando 4 meses no processo total. No dia 06 de Maio de 2017 eu estava embarcando para a Arábia Saudita, deixando no Brasil familia, amigos, namorada, porém com um objetivo em mente, minha independência financeira e um futuro melhor para minha familia. Agradeço a Deus por essa oportunidade, pois entre milhares de pessoas ao redor do mundo, escolheram esse brasileiro que vos fala e além dos meus esforços, eu sei que Ele me deu essa oportunidade, então obrigado meu Deus!

No próximo post vou apresentar um pouco do país que vivo e da empresa onde trabalho, antes de iniciarmos definitivamente a parte de planejamento financeiro e estratégias adotadas, então fiquem ligados.

Até mais meus amigos!

"O mundo detesta mudanças e, no entanto, é a única coisa que traz progresso"
Charles F. Kettering

Comentários

  1. Cara, eu sempre ouvi pessoas dizendo que foi selecionado "do nada" no Linkedin e achava que era lenda urbana. A respeito da Arábia, tinha visto alguém no linkedin falando de uma vaga aí (eu também sou de TI), eu até estava olhando uns blogs de brasileiros que moram na Arábia (a maioria era de mulheres), continue contando sua histórias e coloque fotos dos locais !! ah.. cuidado com a privacidade rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Stifler,

      Pior que não foi a primeira vez que surgiu uma vaga para o exterior, porém dessa vez se concretizou. Se surgir uma oportunidade, nem pense duas vezes rsrs o pais aqui é bem interessante e estou gostando bastante, longe do stress do Huezil e longe da corrupção desenfreada que está nas mídias. Com certeza vou continuar e logo logo pinta algumas fotos de experiências que já vivi, como também a parte financeira.

      Sobre a privacidade, fiz algumas alterações, acredito que somente você saiba minha identidade rs

      Abraços.

      Excluir
    2. Gostei da sua história em relação ao emprego e da dica do Linkdn em inglês.

      Faz pouco tempo que você está aí na Arábia, menos de 2 meses, não é? Pelo conteúdo do seu blog, parece que faz muito mais tempo.

      Te desejo boa sorte!

      Excluir
  2. Fiquei curiosa para saber por que a entrevista foi às 10 da manhã de um domingo. rsrsrs
    Li todos os outros posts, mas ainda não encontrei a resposta.
    Espero que em breve você poste isso no blog. :)

    Abraços,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh, esqueci de comentar o porque, vou colocar no blog. Na Arabia domingo é dia de semana, o final de semana aqui é na sexta e no sábado rs

      Excluir
  3. já que você indicou esse post, eu li. Bem bacana!
    Tenho duas lições para aprender: Estudar inglês urgente! Isso já está entre minhas metas de 2018. A segunda parte é realmente utilizar bem o Linkedin. Você acha que essa estratégia ainda é uma boa? Ou já existem outros métodos melhores?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Fechamento Dezembro - Santacoin

Vale a pena pegar empréstimo para investir? Experiência na Arábia.

Carro dos sonhos. Compro ou não compro?