Bem vindo ao Reino

Brasileiro na Arabia
Salaam Aleikum,

Olá meus amigos!

Como vocês leram no post anterior, dia 06 de Maio estava embarcando para um país até então não  informado. Esse pais era a Arábia Saudita. E a resposta para a pergunta de o porque a entrevista foi às 10 da manhã de domingo? É porque aqui o final de semana é sexta e sábado, ou seja, domingo é dia de semana normal rsrs

Viajei pela Qatar Airlines em classe econômica, porém o serviço a bordo foi muito bom, com refeições saborosas e um sistema multimídia com filmes bem recentes e com diversas opções, não deixando a desejar e me distraindo durante às 12 horas de vôo.

Fiz escala em Doha, no Qatar, de aproximadamente 1h30. Por ser uma escala curta,  não tive tempo de explorar totalmente o aeroporto, que por sinal é maravilhoso. Só para vocês terem uma noção, havia um mini-aerotrem (sonho do Levi Fidelix) que levava as pessoas de um lado para o outro, como também muito luxo para quem tem dinheiro, o que não era o meu caso.




Cheguei na Arábia no dia seguinte e a recepção foi amigável. Um funcionário da empresa na qual trabalharia estava me esperando para facilitar meu acesso ao país, fazendo com que o processo demorasse menos de uma hora entre pegar minha mala e sair de lá com o passaporte carimbado com um visto de permanência provisório.

Para quem não sabe, o Reino da Arábia Saudita é um país com o sistema de monarquia absoluta, onde o rei é o chefe do estado e também é o governo. A religião do pais é o islã, portanto estava preocupado por estar desembarcando em um país bem diferente do Brasil, porém atualmente há 9 milhões de estrangeiros vivendo e trabalhando aqui, o que me deixara mais tranquilo. Desembarquei em Jeddah, a cidade menos conservadora da Arábia. Isto posto, a aceitação de estrangeiros e seus "costumes" acaba sendo maior. Você pode se vestir com roupas normais, ter sua religião (sim, entrei no pais com minha bíblia normalmente), comer em restaurantes como McDonalds, Burguer King, KFC (não, não tem Habibs aqui), etc. Mesmo com suas regras, que para nós podem ser extremas, o rei "cuida" bem de sua população (ouvi isso de um morador local), onde o sistema de saúde e educação pública funcionam, indice de violência como furto, roubo, latrocionio, entre outros é extremamente baixo, além do salário mínimo girar em torno de R$2.5 mil reais,  o que para viver aqui está bom, pois o pais não tem inflação, com isso não há juros e consequentemente o preço pago pelos produtos é bem menor, se comparado à nossas terras tupiniquins.
Gasolina comum R$0,39 o litro ou aditivada R$0,53
Audi R8 2008 por R$109 mil reais

O pais vive do petróleo, com uma reserva de não sei quanto bilhões de barris, mas também está começando a investir em Tecnologia e Inovação, porta essa aberta para mim e que será apresentada no próximo post. Vou detalhar também meu contrato de trabalho, para assim conseguir ter uma base antes de entrarmos definitivamente nos investimentos e metas planejadas. Até lá!

"A mudança é a lei da vida. E aqueles que apenas olham para o passado ou para o presente irão com certeza perder o futuro"
John Kennedy

Comentários

  1. Vc está em alguma cidade grande? é fácil viajar daí tipo para o Catar e etc? O pessoal trabalha? dizem que no ramadã o pessoal fica de jejum rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala SP, meu amigo!

      Moro próximo a Jeddah, a cidade menos conversadora da Arábia, ou seja, tem bastante estrangeiros e os costumes são mais amenos. Esse mês de Junho foi Ramadã, o pessoal trabalha sim mas em horários flexíveis (quem é muçulmano trabalha das 8 as 14). Mas o jejum é até as 19 horas e após isso eles ceiam e comem bastante ate a madrugada rsrs

      Viajar aqui é extremamente simples e barato, para você ter uma ideia passagem pra Grécia ida e volta sai por R$1700. Egito esta saindo por R$700.

      Excluir
  2. Ao ler seus posts estou percebendo que o abismo entre o Brasil e a Arábia é bem maior do que eu imaginei, com serviços públicos de qualidade.

    Fiquei horrorizada em ver a diferença absurda entre o preço do combustível daí e daqui, principalmente se consideramos que o Brasil também é produtor de combustíveis fósseis.
    Aí sim, parece que as coisas funcionam como deveriam funcionar em outros lugares nesse sentido.

    Abraços,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Brasil possui um potencial enorme para ser um país maravilhoso, porém enquanto os políticos não governarem em prol do crescimento do país, nunca seremos uma grande potência. Atualmente a gasolina subiu um pouco, esta no patamar de 60 centavos

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Carro dos sonhos. Compro ou não compro?

Fechamento Maio/Junho - Do the Evolution

Fechamento Julho - Devo ou não agradecimentos ao Temer?